Arquivo para eu

Segredos meus

Posted in Queixumes with tags , , , , on junho 6, 2015 by Pandora Bezarius

Têm noites que me deito exausta de ter que negar um sentimento, que eu sei que ainda existe. Estou cansada de mentir para mim mesma todas as noites, antes de dormir. Recitar o mantra de ter que te esquecer. Eu contarei a verdade só agora… Eu quero dizer que eu te amo, poder te olhar nos olhos mais uma vez, de te dar um abraço bem forte e te beijar a boca…. Mas o que eu mais quero ouvir é o telefone tocando e você do outro lado da linha dizendo que me quer, que me ama e essa conexão é mútua. 

Escrevendo, parece um pensamento absurdo… Eu sei que você nao ligaria! 

All of my regrets are nothing new…

Posted in Queixumes with tags , , , , , on agosto 2, 2010 by Pandora Bezarius
Há um tempo em que tudo está organizado, dentro dos meios: sua mente;mundo. Então, um belo dia, tudo parece estar fora dos eixos, exatamente como havia sido antes. E você percebe o quão você é desgraçado por nada se encaixar, por nada ter exatamente o mesmo cheiro, as mesmas cores, a mesma vivacidade que fora aquele momento. E pergunta-se “meu deus, em que momento, em que parte eu errei ou mesmo disse algo que possa ter mudado tanto” tomando um gole do café que parece estar puramente doce, contendo o instinto do cigarro.. E, ah! como você quer o cigarro e poder dizer para si mesmo “Está tudo bem, está tudo bem!” e a voz embarganhada ao dizer aos outros “Tudo bem!”…
Mesmo ainda não consegue entender o Porquê de tantas coisas.. E você que achava que era especial para alguém e toda a sua crença sobra o amor desmorona em frente aos olhos teus, vê que todo o patético romantismo e juras de amor foram em vão, ou quem sabe não, mas de qualquer forma Você só lembra do “Sim”; a palavra que te monta ou destrói.. E como todos os demais desgraçados, eu que tive tudo… Foi-me todo o amor. É então que eu descubro que sou afortunada, mas só um pouco desgraçada… A verdade que eu nego ser? você vai casar? Você achou seu alguém e eu me perdi!…  Apenas posso dizer que… Bem, não há nada o que dizer! Seja Feliz!…

E há quem negue o desgosto que é este mês!